19
Jul 08
Técnicas de engate

O engate, prática extremamente complexa, é conhecida, também, pela sua diversidade de técnicas. Apresenta-se seguidamente uma pequena lista das técnicas mais conhecidas do denominado “engate”. 

A técnica clássica: esta é uma técnica básica onde o indivíduo passa directamente ao assunto sem grandes rodeios. Usa habitualmente a expressão "Posso-te conhecer?" 

A técnica do amnésico ou do míope: nesta técnica o indivíduo usa expressões como "Eu já te conheço..." ou "A tua cara não me é estranha...", mostrando um largo sorriso desde a primeira palavra até à última. 

A técnica doassassino: esta não envolve palavras, é aquele olhar fulminante que conduz logo ao coito. Não são necessários nomes, ou o que quer que seja… 

A técnica do boi: é aquela em que o indivíduo tem de dar mesmo muita conversa, tem de andar a ruminar conversa para conseguir engatar a gaja. É recomendável utilizar esta táctica apenas depois de muitos, mesmo muitos anos de experiência. Caso contrário, a gaja adormece. 

A técnica do pseudo-intelectual: aquele tipo de homem que fala horas a fio sobre um qualquer assunto sem interesse – só para mostrar à gaja que é inteligente – e entretanto corre o risco de se perder do objectivo principal: levar a gaja para a cama. 

 

Técnicas Letais (para quem as utiliza, dado que afugenta imediatamente a presa): 

A técnica do brincalhão: é aquela em que o indivíduo se aproxima da presa e diz: "gostas de brincar? Tenho aqui um brinquedo que certamente vais gostar"

 A técnica do professor: nesta técnica o indivíduo demonstra ter competências pedagógicas e passa ao ataque dizendo "sabes...podia-te ensinar muitas coisas..." 

A eficácia das técnicas acima referidas nem sempre se comprova. Este ponto será discutido num outro momento, depois de recolhidas mais informações e da aplicação e análise de um inquérito por questionário a indivíduos do sexo feminino. Pretende-se saber junto da amostra as causas do insucesso das já citadas técnicas. 

Agradeço à fonte de informação “Anyone”, pela colaboração e pelo conhecimento transmitido. 

Em caso dos leitores(as) conhecerem alguma outra técnica que não foi mencionada, podem sempre deixar o seu valioso contributo nos “comentários”. 




arquivos
2008

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO